Uma reunião entre o Poder Executivo Municipal e representantes do Setor de Segurança Pública debateu estratégias para conter o avanço dos casos de contaminação pelo coronavírus em Aripuanã. O encontro que também contou com a participação de membros da Secretaria Municipal de Saúde e Vigilância Sanitária, aconteceu no início desta semana na Sede da 10ª Companhia Independente da Polícia Militar em Aripuanã, com intuito de unir forças para evitar aglomerações de pessoas.

Em entrevista exclusiva, concedida na quinta-feira (4) para o Informativo Navegantes FM, a prefeita Seluir Peixer  anunciou um novo decreto que passa a valer a partir desta sexta-feira (5), com Toque de Recolher, da meia noite até as cinco horas da manhã (00h00 às 05h00). “Equipes da Vigilância Sanitária já estão orientando, com apoio da Polícia Militar, os proprietários de bares, lanchonetes e outros estabelecimentos noturnos, que  o horário de atendimento ao público deve obedecer o decreto”, explica.

Segundo Seluir, a maior preocupação é com o atendimento no Hospital Municipal, uma vez que não há leitos de UTI disponíveis na regional em Juína, e para agravar ainda mais a situação, o Estado de Mato Grosso está com mais de 70% das UTIs ocupadas.

“As pessoas chegam ao hospital, passando mal, nós temos que encaminhá-las e não tem UTI. É bem delicada a situação!”, diz a prefeita de Aripuanã, ao mesmo tempo pedindo a população de modo geral, que se comprometa com os cuidados necessários, prevenindo assim, futuras contaminações pela doença.

O Boletim Epidemiológico de número 65, divulgado na última quarta-feira (3) pela Secretaria Municipal de Saúde, mostra que os casos ativos de Coronavírus subiram para 79. Já o número de internados cresceu de 6 para 7, sendo 5 em UTI e 2 em ala de enfermaria.

Segundo o documento, Aripuanã ainda monitora 72 casos e aguarda resultados de outros 35 exames laboratoriais. A Secretaria Municipal de Saúde registrou, desde o início dos monitoramentos, 1.308 casos confirmados de Covid-19. Do total, 1.211 pessoas foram curadas da doença e outras 18, infelizmente vieram a óbito.

Fonte: Por Edson Prates, Rádio Navegantes FM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here