Na reunião ontem da cúpula do DEM, o governador Mauro Mendes deixou claro que o partido cede aos apelos dos Campos e concorre ao Senado com Júlio Campos, na suplementar de abril, e que, em outubro, terá candidatura própria a prefeito de Cuiabá.

Mauro disse que, em princípio, a aposta será no nome do ex-deputado federal Fabinho Garcia. Mas, caso este não aceite, já que precisa resolver questões de ordem pessoal e empresarial, o DEM lançará outro ao Palácio Alencastro.

O governador fez questão de deixar isso bem claro na reunião para evitar que os irmãos Júlio e Jayme Campos continuem fomentando a ideia de composição com o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), de quem o Palácio Paiaguás quer distância.

FONTE: RDNews

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here