Dados divulgados pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), nesta semana, apontam que a produção de milho no estado deve ser de 32,44 milhões de toneladas, nesta safra. Já a área plantada apresentou aumento de 4,98% se comparado à safra anterior. Serão mais de 5 milhões de hectares cultivados.

Ainda segundo o Imea, a demanda aquecida pelo cereal, especialmente pela construção de novas usinas de etanol à base de milho no estado, aliada a valorização de preços do milho, animou alguns produtores a investir na cultura.

Além disso, oportunidades de negócios a preços atrativos surgiram para o produtor, que aproveitou o momento para acelerar a comercialização. A região médio-norte concentra 81,31% do consumo esperado para as usinas de etanol em 2020.

Com relação ao plantio, as lavouras alcançaram o percentual de 21,9% de semeadura até o final de janeiro. Dessa forma, a previsão do Imea deve se consolidar dependendo da conclusão do plantio e das condições climáticas.

FONTE: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here