Dados divulgados pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), atualmente, em Mato Grosso, há 1,118 milhão de consumidores inadimplentes. As dívidas incluem os segmentos bancários, energia elétrica, saneamento básico, telefonia e comércio.

Ainda segundo a CDL, a média de dívidas por pessoa é de R$ 1.915. Entretanto, de acordo com o economista Eder Capistrano, a que se considerar as categorias de inadimplentes.

“Nem todas as pessoas estão devendo intencionalmente. Muitos consumidores não conseguiram saldar as dívidas por estarem desempregados ou por outra ocorrência que tenha inviabilizado o pagamento. Porém, vão pagar quando for possível”, explicou ele.

A economia tem oscilado bastante nos últimos três anos, segundo ele, e isso contribui para uma certa instabilidade no pagamento de dívidas. “O que, apesar de compreensível, não deixa de atingir o comércio e ocasionar outros problemas econômicos”, argumentou.

O lado positivo é que o empresariado pode desenvolver estratégias para tentar minimizar este problema, ou evitar que ele ocorra.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here