Em live, presidente avaliou que a melhora no ambiente econômico deve permitir que não ocorra novos cortes no Orçamento em 2019

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira (17), em sua live semanal, que a economia está dando sinais de melhora e previu que, ao final de 2022, o Brasil terá menos de 10 milhões de desempregados.

“Pegamos [o Brasil] com 14 milhões de desempregados e vamos, se Deus quiser, terminar 2022 com menos de 10 milhões de desempregados. A ideia é diminuir o máximo, mas temos que ser realistas”, afirmou.

Ao fala de Bolsonaro foi feita após ele destacar a abertura de 157.213 vagas de trabalho no melhor mês de setembro desde 2012, Os números foram revelados mais cedo pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério da Economia.

No trimestre encerrado em agosto, 12,6 milhões de pessoas estavam em busca por uma colocação no mercado de trabalho, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Bolsonaro avaliou que a melhora no ambiente econômico deve permitir que não ocorra novos contingenciamentos do Orçamento da União neste ano.

Ao lado de Bolsonaro, o empresário Luciano Hang, da Havan, disse acreditar que no ano que vem serão criados quase 2 milhões de empregos. “No ano vamos passar a marca de 1 milhão de novos empregos”, disse Hang.

 

FONTE: R7.COM COM ESTADÃO CONTEÚDO

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here