A vontade de comer doces é inimiga de qualquer dieta. Além de disciplina e força de vontade, uma boa estratégia para não ceder aos desejos é controlar a flora intestinal. Quando estão em menor quantidade, as bactérias do intestino responsáveis por sintetizar açúcares e carboidratos não fazem tantos “apelos” ao cérebro para que ele procure alimentos calóricos e, em consequência, a vontade de comer besteiras não aparece.

Boas escolhas no dia a dia são suficientes para inibir as bactérias ruins e estimular as benéficas. Chá sem açúcar, muita água, iogurte natural e alimentos ricos em fibras ajudam a regularizar a flora intestinal. De quebra, também auxiliam no processo de emagrecimento. A seguir, veja dicas de como ter uma flora intestinal saudável e se livrar do vício por doces:

1. Comer iogurte natural diariamente
Os iogurtes naturais são compostos apenas por leite e fermentos lácteos, que são bactérias boas para o intestino. Tomar iogurte todos os dias aumenta a quantidade de bactérias boas no órgão, o que resulta em uma flora intestinal cada vez mais saudável. Além disso, o iogurte natural não contém açúcar, aditivos ou corantes artificiais. Para variar um pouco, boas opções são bater o iogurte com frutas frescas ou adoçá-lo com um pouco de mel.

2. Consumir alimentos integrais
Os alimentos integrais são ricos em fibras, nutrientes que sustentam as boas bactérias intestinais.

3. Reduzir o consumo de açúcar e carboidratos simples
Reduzir o consumo de açúcar e carboidratos simples faz com que as bactérias ruins do intestino sejam menos alimentadas, diminuindo sua quantidade. Com a flora intestinal equilibrada, o desejo pela ingestão de carboidratos diminui.

4. Consumir biomassa de banana verde
A biomassa de banana verde é rica em amido resistente, um tipo de fibra que serve de alimento para as bactérias intestinais boas. Além disso, as fibras promovem a sensação de saciedade e reduzem a fome. A biomassa pode ser utilizada em receitas de bolos, brigadeiro, estrogonofe e para engrossar caldos e sopas.

5. Consumir aveia
A aveia é rica em inulina, um tipo de fibra que estimula a reprodução de bactérias intestinais benéficas e reduz as patogênicas, além de trazer benefícios como redução de colesterol e triglicerídeos, prevenção de câncer de cólon e aumento da absorção de minerais no intestino.

A inulina também é encontrada na cebola, alho, tomate, banana, cevada, trigo e mel.

6. Comer sementes e castanhas
Chia, linhaça e gergelim são sementes ricas em magnésio, mineral que estimula a produção de serotonina – hormônio que promove a sensação de bem-estar e melhora o humor. As castanhas e outras frutas oleaginosas, como amêndoas, avelãs e nozes, além de serem ricas em magnésio, possuem zinco, selênio e ômega-3, nutrientes essenciais para reduzir o estresse e a ansiedade. Com humor, estresse e ansiedade controlados, o desejo por doces diminui.

7. Tomar probióticos em cápsulas
Os probióticos são bactérias boas para o intestino e podem ser encontrados em alimentos naturais como iogurte, kefir e kombucha ou na forma de cápsulas. Ao tomar esses suplementos, as bactérias chegam ao intestino e se reproduzem, construindo uma flora intestinal saudável.

Também é recomendável fazer atividades físicas regularmente para melhorar a produção hormonal, reduzir a ansiedade e, desta maneira, controlar a fome.
(Com informações do portal Tua Saúde.)

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here