O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso-AL/MT, deputado Eduardo Botelho (DEM), anunciou durante sessão plenária matutina de quarta-feira (04), um mutirão de votação para a próxima semana e destacou a necessidade de presença dos deputados durante as sessões ordinárias, na terça, quarta e quinta-feira. “Quero contar com vocês para limpar a pauta”, disse Botelho, argumentando que somente Projeto de Lei Complementar (PLC), que precisa de 14 deputados em plenário para votação, são 14 em tramitação. “Além dos PLC são mais de 40 projetos em tramitação”, disse.

“Eu vou fazer uma conversa com os deputados e na semana que vem eu vou convocar todos para um mutirão. E aí eu vou considerar, quem não vir semana que vem, eu vou usar não o corte do ponto, eu vou cortar o mês inteiro, vou cortar a VI do mês inteiro do deputado que não vir semana que vem nesse mutirão”, disse Botelho.

Conforme Botelho, a ausência de deputados em plenário prejudica a Ordem do Dia. “Esse mutirão é uma necessidade e preciso contar com todos vocês para limparmos essa pauta. São mais de 40 projetos para serem votados. Semana que vem, peço que os senhores venham. Só faltem se estiverem doentes, muito doentes. Vou ser um pouco radical. Aquele que faltar sem justificativa não receberá a VI”, afirmou.

Sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), em tramitação na Casa de Leis, com mais de cem emendas, Botelho argumenta que o calendário elaborado vai ser cumprido. “A LDO Vai conseguir cumprir o cronograma estendido. Essas emendas já foram todas analisadas. Na verdade já está pronto para ser votada em plenário, em primeira votação. O prazo já se extinguiu, mas houve uma dilatação e acredito que em duas semanas a gente encerra a LDO”, afirmou.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here