Barcelona prepara uma proposta oficial para contratar Neymar. Depois de sondar o Paris Saint-Germain com uma oferta de 40 milhões de euros (cerca de R$ 168,7 milhões), mais o meia Philippe Coutinho e o atacante francês Ousmane Dembélé, pacote que foi recusado pelo time francês, os catalães vão aumentar o montante para 100 milhões de euros (R$ 420 milhões). O time francês ainda poderia escolher dois jogadores entre uma lista de seis nomes: Coutinho, Dembélé, Ivan Rakitic, Nelson Semedo, Malcom e um nome não divulgado.

Embora a prioridade do atacante seja voltar para o Barcelona, o brasileiro já foi especulado em vários clubes europeus. Isso significa que Neymar é a bola da vez na janela de transferências do mercado europeu.

De acordo com a TV italiana RAI e o jornal espanhol Mundo Deportivo, o pai de Neymar e o diretor esportivo da Juventus, Fabio Paratici, teriam uma reunião marcada para falar sobre uma possível transferência. Os assessores de Neymar não confirmam o encontro.

O caminho para a Catalunha é menos tortuoso que para outras regiões europeias. Neymar deve encontrar dificuldade ao negociar com outros clubes. O Real Madrid praticamente pulou fora da conversa quando o técnico Zinedine Zidane mostrou preocupação com a (má) influência que o brasileiro poderia exercer sobre os jovens da equipe, como Vinicius Junior e Rodrygo.

Além disso, o clube ficou assustado – esse foi o termo usado por uma pessoa próxima à diretoria merengue – diante da acusação de estupro feita pelo modelo Najila Trindade após um encontro entre os dois em Paris – o Tribunal de Justiça concedeu mais 30 dias para a conclusão do inquérito, prazo que dever ser concluído no início de agosto.

A Juventus já tem Cristiano Ronaldo como protagonista, além de ter investido 85,5 milhões de euros (cerca de R$ 361 milhões) na contratação do zagueiro holandês De Ligt. A imprensa italiana está alvoroçada com a possibilidade de um ataque formado por CR7 e Neymar, mas o clube italiano não considera o brasileiro prioridade. É uma oportunidade.

O Manchester United, outro time que está na lista de contatos de Neymar, esbarra num fator limitante: a equipe não vai disputar a Liga dos Campeões no ano que vem. Para Neymar, isso significa problema grave.

Josep Guardiola tem dúvidas se ele será capaz de repetir o desempenho dos anos anteriores e torceu o nariz no Manchester City; o Liverpool tem um time redondo com dois pontas bem encaixados no esquema de Jürgen Klopp (Salah e Mané) e o Chelsea ainda não sabe se poderá contratar na próxima janela de transferências, pois luta para derrubar a punição da Fifa.

VALOR DE NEYMAR – As sondagens esbarram no valor pedido pelo PSG: 300 milhões de euros. Obviamente, o valor é exagerado. Depois de contratá-lo por 222 milhões (R$ 934 milhões, na cotação atual), o clube francês terá de considerar alguns fatores de desvalorização.

Neymar deveria levar o PSG ao título da Liga dos Campeões e elevar sua cotação para ser eleito melhor jogador do mundo. Ele se machucou por dois anos seguidos e não ficou na lista dos dez primeiros em 2018. Quanto Neymar vale hoje? De acordo com o Centro Internacional de Estudo do Esporte, 150 milhões de euros (R$ 631 milhões). Ou seja: uma desvalorização de R$ 303 milhões.

Tirando a possibilidade de uma reviravolta nas negociações e algum time fazer uma proposta oficial por Neymar, o atacante deve viajar com o elenco para a turnê de pré-temporada na China, onde fará dois jogos: contra a Internazionale, em Macau, no dia 27 de julho e contra o Sydney FC, na cidade de Suzhou, no dia 30. O treinador afirmou que ele deve viajar. O estafe de Neymar decidiu evitar uma saída forçada, mas mostra otimismo e espera resolver a negociação com o Barcelona em “duas ou três semanas”.

Após reunião com Leonardo, diretor esportivo do PSG, na segunda-feira, Neymar reiterou a vontade de deixar o clube. O diálogo foi breve e cordial, sem bronca, apesar da insatisfação pública do clube com o atacante por ter se reapresentado das férias depois dos demais colegas. Foram sete dias de atraso. Em nenhum momento, Leonardo tentou convencer Neymar a permanecer no time francês.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here