O deputado estadual Silvio Fávero (PSL) defendeu que o ex-deputado federal Victório Galli (PSL) reúne condições de disputar e vencer as eleições para prefeito de Cuiabá em 2020.

Segundo Fávero, o colega de sigla tem um eleitorado fiel, apesar de ter sido derrotado nas eleições de 2018, quando tentou a reeleição.

“Ele foi um deputado federal e fez 50 mil votos. Com todo respeito, ele tem seu eleitorado. O cara que faz 50 mil votos em uma campanha dessas, diferenciada, tem potencial. O PSL quase fez dois federais, com [Nelson] Barbudo, que teve 120 mil, e o Galli, com 50 mil. Então, temos que respeitar o Galli. Ele tem condições de disputar”, afirmou ao MidiaNews.

Na semana passada, Galli e a senadora Selma Arruda trocaram farpas por conta do próximo pleito eleitoral. O ex-juíza disse não acreditar na possibilidade de o colega encarar as urnas na Capital, pois teria uma “grande rejeição”, especialmente em função de pautas conservadoras defendidas por ele.

Em resposta, Galli disse que sairá candidato a prefeito se essa for a vontade do presidente Jair Bolsonaro (PSL). “Meu partido é Jair Bolsonaro. Somente serei candidato à Prefeitura de Cuiabá (2020) ou a deputado federal (2022) se assim for decidido pelo capitão”, disse.

Fávero preferiu não responder se entendia como equivocada a declaração de Selma.

“De jeito nenhum ser conservador prejudica. Tanto que o Bolsonaro foi eleito por conservadores. A Selma e o Barbudo foram eleitos por conservadores”, afirmou.

“Mas eu não posso entrar no mérito da declaração. É o pensamento deles, coisa para se discutir internamente. Eu tenho muito respeito pela Selma, pelo Galli e pelo Barbudo. Não quero passar por cima de hierarquias. Ela é senadora”, disse.

Outros nomes

Segundo o deputado, o PSL deve lançar candidatos a prefeito nos principais municípios do Estado. Em Sinop, o advogado Felipe Guerra é pré-candidato a prefeito.

Em Cuiabá, além de Galli, outros nomes deverão ser testados.

“Todo filiado do PSL é candidato. Tanto o Galli quanto qualquer outro. Vamos chegar ao momento certo e ver quem tiver mais condições de chegar lá. Nós estamos fazendo muitas filiações. Tentando alguns empresários, alguns vereadores do partido na Capital. Mas o Galli tem muitas condições”, completou.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here