O prazo para o cadastramento biométrico de eleitores termina, nesta sexta-feira (26), nos municípios de Barra do Bugres, Cáceres, Canarana, Nova Xavantina, Pedra Preta, Peixoto de Azevedo, São José do Rio Claro, Sorriso e Tangará da Serra.

De acordo com o TRE, nesses municípios, mais de 70% do eleitorado passou pelo procedimento. Dados apontam que, até esta quinta-feira (25), o percentual de revisão realizado é:

  • Pedra Preta – 83,67%
  • Peixoto de Azevedo – 83,35%
  • Sorriso – 78,63%
  • Nova Xavantina 74,95%
  • Canarana 74,81%
  • Tangará da Serra 72,93%
  • São José do Rio Claro – 71,47%
  • Cáceres – 71,26%
  • Barra do Bugres – 71,12%

O TCE informa ainda que a revisão biométrica é obrigatória sob pena de ter o título eleitoral cancelado e assim, ficar impedido de obter a certidão de quitação eleitoral.

Sem o documento, o eleitor fica impedido de se inscrever em concurso ou prova para cargo ou função pública, tomar posse em caso de aprovação, obter passaporte ou carteira de identidade, renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial e participar de concorrência pública ou administrativa.

Em todo o estado, dos 2,2 milhões de eleitores, 1,5 milhão fizeram o cadastramento biométrico. O número representa 69,17% do eleitorado de Mato Grosso.

Documentos

Para fazer a revisão biométrica, o eleitor deve procurar o cartório eleitoral do município em que reside, levando um documento de identificação, que pode ser Registro Geral (RG), carteira nacional de habilitação (CNH), carteira de trabalho, carteira profissional, além de um comprovante de residência.

No caso de homens com mais de 18 anos e que irão requerer a primeira via do título (alistamento), é necessário também, apresentar o comprovante de quitação com o serviço militar.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here