A universitária do curso de direito Thalia Souza da Silva, 19, que sofreu um acidente de trânsito na última sexta-feira, dia 01, no cruzamento do semáforo da Avenida Gabriel Muller e Olmis Ioris permanece internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da cidade de Juína, no noroeste de Mato Grosso.

O acidente

O acidente aconteceu próximo das 22h quando a universitária retornava para casa após mais uma noite de estudos.

Segundo informou a polícia militar que atendeu a ocorrência, o acidente aconteceu quando a vítima trafegava pela Avenida Gabriel Muller e no cruzamento do semáforo acabou colidindo numa caminhonete Trailblazer LTZ que era conduzida por um adolescente de 16 anos.

O acidente está sendo investigado pela polícia, mas o menor relatou aos policiais que ao se aproximar do semáforo no sinal verde já no cruzamento a motocicleta abalroou na caminhonete não sendo possível evitar a batida.  Os policiais não conseguiram ouvir a versão da motociclista devido ao seu estado de saúde.

Com a colisão, a vítima veio a cair no asfalto e sofreu diversos ferimentos. Thalia foi socorrida por uma viatura do serviço de atendimento móvel de urgência (SAMU) e levada para a UPA 24 horas.

Foram acionadas viaturas da Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil e Politec para os procedimentos necessários.

A polícia informou que a condutora da motocicleta não possui CNH e estava com documento da moto irregular.

O caso foi registrado na delegacia de polícia para as que sejam tomadas as providências cabíveis.

Estado de saúde de Talia atualizado

As informações adquiridas são de que: Por precaução, a jovem foi transferida para a UTI do município onde permanece internada.

O portal Juína News apurou que Thalia está consciente, mas às vezes confusa devido ter batido com a cabeça na queda. Ela foi submetida a exame de tomografia para identificar se houve TCE (traumatismo craniano encefálico), ela ainda sofreu fraturas na clavícula e membro inferior (perna), além de escoriações pelo corpo.

Os veículos

Após a perícia, a caminhonete por estar com documento em dia foi liberada, no entanto, a motocicleta Honda Biz foi apreendida por estar com documentação irregular. Ambos os veículos tiveram danos materiais.

Os peritos ainda realizaram perícia na caminhonete.

Providencias na polícia

O delegado de polícia doutor Marco Bortolotto Remuzzi que está à frente do caso informou ao Juína News que ainda pela madrugada foram realizados todos os procedimentos policiais.

Foi feito um boletim de ocorrências circunstanciado (BCO) previsto no artigo 309 do código de trânsito brasileiro ao menor que conduzia a caminhonete e um termo circunstanciado de ocorrência (TCO) para o pai dele baseado no artigo 310 do código de trânsito brasileiro.

O delegado de polícia doutor Marco Remuzzi informou ainda que após ganhar alta Thalia deverá prestar esclarecimentos na delegacia e apresentar sua versão do acidente.

Volte para nova reportagem

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here