No cargo há quase dois anos, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) revelou que está estudando fazer uma ‘minirreforma’ nas pastas da  Prefeitura de Cuiabá e que deverá  criar uma secretaria voltada para o turismo a partir de 2019. De acordo com ele, a Capital esta perdendo de arrecadar recursos por ainda não explorar o setor.

Questionado por jornalistas se pretendia fazer mudança na estrutura de seu governo, a exemplo do governador eleito Mauro Mendes (DEM), que anunciou na semana passada o corte de nove pastas, Pinheiro disse que estuda uma reforma a partir do ano que vem e informou que irá criar uma secretaria de turismo.

“Estou estudando uma reforma, depois de dois anos de mandato é o momento de analisar a gestão, os quadros, a composição política. Tenho plano de criar uma secretaria de turismo. Estou estudando isso. Tenho este compromisso com o trade turístico. Vou conversar com o setor pra os 300 anos e fomentar uma política para o turismo em Cuiabá. Estou avaliando e vou decidir em breve”, revelou o prefeito.

Para o chefe do Executivo, Cuiabá tem um potencial enorme para o turismo que atualmente está adormecido. Ele também declarou que pretende seguir modelos usados em outras capitais do país.

“Estamos no centro geodésico da América, no coração de três ecossistemas. Somos uma cidade histórica lindíssima que está chegando aos 300 anos agora, com uma cultura e tradição fortíssima. ainda não temos uma política para a exploração do turismo da capital, que é uma das maiores indústria do mundo. Cuiabá não deve em nada a Salvador, Rio de Janeiros, Fortaleza, João Pessoa. São todas capitais belíssimas, mas a nossa é muito melhor”, finalizou.

A prefeitura de Cuiabá conta hoje com 19 secretarias. No ano passado, o prefeito criou a secretaria Extraordinária dos 300 anos que trabalha na realização de projetos para o aniversário de 300 anos de Cuiabá, que acontece no próximo dia 8 de abril.

Compartilhe:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here