Publicada em 24/08/2015 às 08:30

Avião com vice-governador de MT escapa de colisão em aeroporto

Carlos Fávaro (PP) estava em avião na pista do aeroporto de Rondonópolis. Durante decolagem, aeronave quase colidiu com caminhão-pipa na pista.

O vice-governador de Mato Grosso, Carlos Fávaro (PP), escapou de um acidente neste sábado (22) no aeroporto de Rondonópolis, cidade a 212 km de Cuiabá. Fávaro estava a bordo de um avião bimotor que se preparava para a decolar no aeroporto quando quase se chocou com um caminhão-pipa na pista. Além do vice-governador do estado, a aeronave levava o senador por mato-grossense José Medeiros (PPS), o deputado estadual Ondanir Bortolini (PR) e o secretário estadual de Infraestrutura, Marcelo Duarte. A ocorrência vai ser analisada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Fávaro e as demais autoridades estavam indo cumprir agenda no interior do estado e o avião bimotor já estava pronto para deixar o solo quando um caminhão-pipa atravessou a pista, forçando piloto e copiloto a desviarem a aeronave a fim de evitar uma colisão. O caminhão pertence a uma empresa que realiza obras de ampliação do Aeroporto de Rondonópolis.

Segundo o vice-governador, que relatou o caso por telefone à produção da TV Centro América na tarde deste sábado, o comandante da aeronave e o copiloto conseguiram realizar uma manobra de forma bastante segura, mas a ocorrência demonstrou, segundo ele, “irresponsabilidade e amadorismo” da empresa que realiza as obras.

Obras em aeroporto de Rondonópolis foram paralisadas (Foto: Reprodução/TVCA)
Aeroporto de Rondonópolis está em obras.
(Foto: Reprodução/TVCA)

“Quando estávamos decolando, com o motor full da aeronave, acelerado, em procedimento de decolagem, o caminhão-pipa que estava participando das obras atravessou a pista, colocando em risco a decolagem e os ocupantes da aeronave, o que provocou a abortagem dessa decolagem”, contou Fávaro.

“Imaginem vocês se fosse o pouso de uma aeronave. Seria impossível arremeter e certamente teria acontecido uma tragédia no estado de Mato Grosso”, criticou o vice-governador.

O comandante da aeronave informou à reportagem que registrou a ocorrência no aeroporto de Rondonópolis na Anac. Já o vice-governador informou que a empresa responsável pelo caminhão na pista será acionada na Justiça para se responsabilizar pelo caso. A reportagem tentou contato, mas sem sucesso, com a empresa responsável pelo caminhão.

Autor: G1/MT
Fonte: G1/MT